© 2023 por Ávila & Diniz. Orgulhosamente criado com Wix.com

  • Facebook Basic Black
  • LinkedIn Basic Black
  • Twitter Basic Black

Valorizando o patrimônio criativo

A criatividade é um patrimônio adormecido na maioria das organizações

 

O Teatro Espontâneo capacita pessoas e grupos a terem um comportamento mais espontâneo e criativo, ampliando os resultados em todos os setores de uma empresa ou instituição.

 

O treinamento utiliza técnicas teatrais, muitas delas comuns à preparação de atores e seus papeis.

 

A diferença está no foco: ao invés de preparar para  o  palco, o Teatro Espontâneo torna os indivíduos e equipes capazes de “jogar” com situações emergentes, em um cenário real.

Conhecimento + Imaginação criadora = Resultados positivos

A velocidade das transformações sociais, técnicas, científicas, etc., exige um esforço maior de todos os colaboradores das organizações, para darem conta das demandas emergentes, todos os dias.

 

A bagagem intelectual não dá conta sozinha.  É necessário que as pessoas e as equipes desenvolvam um comportamento mais espontâneo e criativo, para lidarem com as transformações que acontecem em alta velocidade.

 

Reaprender a brincar é coisa séria

 

O Teatro Espontâneo age no desenvolvimento da Imaginação Criadora, das pessoas e das equipes, através de uma prática lúdica e desafiadora.

 

Bom humor = energia limpa

 

O Teatro Espontâneo renova a energia nas organizações. Dissolve pontos de tensão, motiva, aproxima equipes, promove a integração de ações, cria espírito empreendedor.   

O lúdico como recurso educacional para adultos

 

Através dele se atinge:

Bom humor, alegria, ação, experimentação, vivência, otimismo, agilidade, prontidão.

Facilidade em superar riscos: transitando no caos numa boa

 

As mudanças e transformações, necessárias na atual conjuntura, nos obriga a sairmos de nossas zonas de conforto.

 

Aprender a ler a realidade, a lidar com os fatos emergentes e usar o conhecimento e a experiência adquiridos confere-nos mais tônus na obtenção de soluções adequadas a problemas concretos, maior espírito empreendedor, maior capacidade de interagir com equipes. 

A intuição nos negócios

 

Não existe um botão para ligar a imaginação criadora, a intuição. Ela devolve o que o subconsciente recebe.

 

Através do treinamento da espontaneidade e criatividade, essas regiões, inacessíveis no plano racional, são trabalhadas para subsidiarem as decisões das pessoas em todos os negócios, tanto no âmbito pessoal, quanto profissional.

 

Vocação vencedora

 

A espontaneidade e criatividade criam uma vocação pelo resultado. Aquele movimento que define um jogo, que tanto falta aos atletas brasileiros. Fazer gol, não deve ser exclusividade de poucos “iluminados”. Deve ser o comportamento de toda a equipe.

Vivendo e aprendendo a jogar

 

Teatro é jogo. Os atores aprendem isso desde cedo. É jogo nos exercícios dramáticos, nas improvisações e em cena, nas atuações. É através do jogo que se vive os PAPEIS.

 

O jogo permite enfrentar

  • o imponderável;

  • transitar pelo desconhecido;

  • levantar hipóteses;

  • experimentar outras realidades.

Roleplaying: ensaiando o papel

 

O número de papeis e a harmonia entre eles determinam a saúde dos indivíduos e das organizações. Ensaiar o papel faz parte do treinamento da espontaneidade e criatividade.